eyaleinhabar.webp

 

O flautista e regente Eyal Ein-Habar nasceu em Israel e atuou como primeiro flautista da Orquestra Filarmônica de Israel (1997-2014). Após sair da orquestra, se tornou o diretor do programa de treinamento em orquestra na "Buchmann-Mehta School of Music" (Israel) e diretor musical da "Classica Orchestra Rehovot" e do coral de flautas de Israel. Recentemente foi nomeado professor de flauta na Universidade de música de Münster. 

 

Eyal ganhou a "1992 Scheveningen International Flute Competition" (Holanda), a "1996 François Shapira Competition" (Israel), e foi laureado na  "1993 Kobe International Flute Competition" (Japan). Recebeu bolsas da "America-Israel Cultural Foundation Scholarships" (1983-1996). Também aparece regularmente como solista e regente com todas as maiores orquestras israelenses, assim como orquestras ao redor do mundo. Ele dá recitais e masterclasses internacionais e toca em concertos de festivais de música de câmara e turnês em Israel, na Europa, América do Sul e do Norte e no Canadá. Recentemente foi júri do 75o "Concours de Genève".

 

Foi solista na turnê da Orquestra Filarmônica de Israel nos EUA em 2008, tocando "Halil", de Bernstein, no Carnegie Hall de Nova York, assim como em Nova Jersey, Philadelphia, San Diego e Los Angeles, sendo aclamado pela crítica nestes concertos. Fundou o Quinteto de madeiras e o coral de flautas de Israel. Já gravou para os selos Centaur Records (EUA), Meridian (Inglaterra), IMI (Israel), dentre outros. Seu CD “It Takes Two to Trio” (Centaur Records), com trios para flauta, oboe e teclado, recebeu excelentes críticas da "American Record Guide" e da "Pan Magazine", da associação britânica de flauta.

www.eyaleinhabar.com